Variante do coronavírus do Amazonas circula na cidade de SP

A Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde) de São Paulo confirmou que a variante do coronavírus de Manaus foi identificada no exame de um paciente que vive na capital paulista e não esteve no Amazonas. O resultado positivo é do Instituto de Medicina Tropical da USP e foi constatado na sexta-feira (12).

O órgão faz um alerta à população sobre a maior transmissibilidade da cepa e recomenda a busca imediata do serviço de saúde em caso de qualquer sintoma da covid-19, como tosse, febre, dor de cabeça, entre outros.

Após a suspeita, é necessária a realização de exames, isolamento do paciente e das pessoas com as quais ele tenha mantido contato recente ou conviva diariamente.

O caso identificado na cidade de São Paulo apresentou sintomas leves da Síndrome Gripal e não necessitou de internação. Especialistas da Covisa informaram que os cuidados são os mesmos quando o diagnóstico é covid-19.

Desde o fim de janeiro, quando surgiu a variante em pacientes vindos de Manaus, a prefeitura destinou o Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria, em Pirituba, zona norte, para tratamento de casos da nova variante.

No local, foram reservados 10 leitos, totalmente isolados, para que os pacientes possam ser atendidos. Caso seja necessário, existe a possibilidade de ampliação do espaço, segundo a prefeitura.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime