Vale é 3ª região do interior de SP com a maior quantidade de leitos de UTI Covid ocupados

O Vale do Paraíba é a terceira região do interior do estado de São Paulo com a maior quantidade de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid-19 ocupados. O levantamento é da plataforma Info Tracker, feita por pesquisadores da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e da USP (Universidade de São Paulo).

Com dados sobre internações até terça-feira (23), a plataforma aponta 524 leitos de UTI ocupados no Vale para tratar pacientes com Covid-19. A região é superada apenas por São José do Rio Preto (525 leitos) e Campinas (1.101). Os campeões do ranking são a cidade de São Paulo (4.792) e a região sudeste da Grande São Paulo (1.250). O estado contabiliza 12.442 leitos de UTI ocupados.

A RMVale supera outras 13 regiões do interior, como Sorocaba (441 leitos ocupados), Baixada Santista (407) e Piracicaba (384), e três da Grande São Paulo, como a regional oeste (418), a sudoeste (140) e a norte (73).

No total, segundo a plataforma Info Tracker, a RMVale conta com 604 leitos para atender Covid-19, sendo que 524 estão ocupados e 80 ainda desocupados. Os números mudam a todo instante por causa da velocidade de transmissão do coronavírus e do pouco tempo para que contaminados tenham sintomas graves da doença.

De acordo com relatório do Codivap, a Associação de Municípios do Vale do Paraíba, a região chegou nesta terça-feira a 87,9% de ocupação de leitos de UTI para tratar a Covid, com 528 pacientes acamados, sendo 376 confirmados para a doença e 152 ainda aguardando exame.

Dos 33 hospitais analisados pelo relatório do Codivap, obtido por meio de dados da DRS (Diretoria Regional de Saúde) de Taubaté, 23 estão com taxa de ocupação acima de 80%, dos quais 15 já passaram de 90%. Desse grupo, 10 já têm 100% ou mais.

“A DRS Taubaté representa 4,21% das internações por Covid-19 em UTI do estado. A situação é bem crítica”, disse Wallace Casaca, professor da Unesp, pesquisador da USP e coordenador da plataforma Info Tracker.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime