Trump pede que norte-americanos se prepararem para ‘semanas duras’

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse em um pronunciamento nesta terça-feira (31), na Casa Branca, que os norte-americanos devem se preparar para “semanas duras pela frente” no combate à pandemia do novo coronavírus.

Foi a declaração mais pessimista do presidente desde o início da pandemia. “Quero que todos estejam preparados para os dias sombrios que virão. Teremos duas semanas muito duras pela frente”, disse Trump.

De 100 a 240 mil mortos
Em seguida, os principais assessores do presidente durante a crise da covid-19 apresentaram projeções matemáticas que embasaram as declarações dele. A equipe trabalha com uma projeção de 100 mil a 240 mil mortes pela doença em território norte-americano.

Até o momento, a Universidade Johns Hopkins contabiliza 3.857 mortos pela covid-19 no país. Para efeitos de comparação, 0 número mais baixo da previsão é quase o dobro do número de soldados que os EUA perderam durante a Guerra do Vietnã, cerca de 58 mil.

Na coletiva, Trump anunciou que as diretrizes de distanciamento social postas em prática em todo o país, com recomendações para evitar aglomerações e pedido para que o maior número possível de pessoas trabalhe de casa, vão durar até pelo menos 30 de abril.

Ele também disse que está considerando seriamente implementar restrições para entrada de cidadãos de países em que a pandemia ainda não esteja controlada, como o Brasil.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime