Três maiores cidades da RMVale têm taxa de isolamento abaixo dos 50%

As três maiores cidades da RMVale mais uma vez registraram taxa de isolamento abaixo de 50%, desta vez na última quarta-feira (13), durante a pandemia do novo coronavírus. Para o Estado de São Paulo, o recomendado é que esse índice seja de pelo menos 55% – o ideal é de 70% para diminuir o risco de contágio pela doença.

Na quarta, São José dos Campos, a maior cidade da região, teve apenas 47% de isolamento. Taubaté, a segunda maior cidade do Vale, teve desempenho ainda pior: 46%. Enquanto isso, Jacareí também ficou abaixo dos 50%: chegou aos 49% na quarta. Em relação à terça-feira, São José e Jacareí mantiveram os mesmos números; Taubaté piorou 1%.

Abaixo de 55%, as cidades correm o risco de ver a doença avançar em velocidade maior do que o sistema de saúde é capaz de suportar, em razão da quantidade de pacientes graves. Os dados são medidos diariamente pelo o Simi (Sistema de Monitoramento Inteligente), do governo estadual, em 104 cidades paulistas com mais de 70 mil habitantes.

São José dos Campos e Taubaté seguem abaixo de 50% nos dias úteis desde 22 de abril, o que compromete o plano do governo estadual de indicar flexibilização das restrições após 31 de maio, quando encerrar a quarentena em São Paulo.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) já disse em entrevistas que poderá endurecer as medidas de isolamento caso as cidades não cumpram a quarentena. A previsão de flexibilizar a abertura do comércio no último dia 11 de maio, por exemplo, foi descartada.

São Sebastião, no Litoral Norte, segue com o melhor índice na região: 63%, seguida por Ubatuba (61%), Lorena (59%), Cruzeiro (56%), Caçapava e Caraguatatuba (55%), Pindamonhangaba (52%) e Guaratinguetá (51%).

Deixe comentário

× Fale com a Showtime