Taxa de mortes por Covid-19 em São José cresce mais que o dobro da média regional em um mês

A taxa de mortes registradas por coronavírus em São José dos Campos em um mês é maior que o dobro da de óbitos confirmados no mesmo período em toda a RMVale.

Segundo dados das prefeituras de todas as cidades da região, o Vale tinha registrado 14 mortes por Covid-19 em 19 de abril. Já em 19 de maio, o número cresceu para 66 – uma alta de 371%.

Enquanto isso, proporcionalmente os números são ainda maiores em São José. O maior município da região tinha apenas três mortes confirmadas em 19 de abril, mas, um mês depois, o número já é de 28 vidas perdidas pela nova doença. A alta em 30 dias é de 833%.

Além do número de mortes (28 contra 10 da segunda colocada, Jacareí), São José também lidera o número de casos confirmados na região. São 509, além de outros 577 ainda em análise, contra 308 registrados em São Sebastião.

Nesta terça-feira (19), foram registradas mais dois óbitos. De acordo com a Secretaria de Saúde, as vítimas foram duas mulheres, de 73 e 38 anos, ambas com comorbidades. As mortes aconteceram nos dias 27 de abril e 1º de maio, no Hospital Municipal, mas os resultados que atestaram a causa só foram divulgados pelo Instituto Adolfo Lutz nesta terça-feira.

CASOS.

O número de pessoas que já foram infectadas pela doença chegou a 509 em São José dos Campos. Do total, há 344 pessoas que se recuperaram, 115 ainda em recuperação e 22 internadas — seis na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 16 na enfermaria.

Os casos suspeitos somam 577, com 519 pessoas em casa e outras 50 internadas — 14 na UTI. O município investiga ainda oito mortes suspeitas da doença.

A taxa de ocupação dos leitos exclusivos para coronavírus nos hospitais públicos e privados da cidade é de 53,60% na UTI e 53,57% na enfermaria. Considerando a taxa de ocupação de leitos totais o número cai para 15,15% na UTI e 6,36% na enfermaria.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime