SP bate recorde de mortes diárias por Covid-19 com 1.193 óbitos

O Estado de São Paulo registrou nesta sexta-feira (26) um novo recorde diário de mortes por covid-19, com 1.193 nas últimas 24 de horas, informou a secretaria estadual de Saúde, e o número de óbitos causados pela doença no estado superou a marca de 70 mil, de acordo com os dados divulgados pela pasta.

Parte da alta no número diário de mortos pela Covid-19 se deve ao represamento de óbitos que aconteceram em outras datas, mas não puderam ser registrados na ocasião devido a uma mudança feita pelo Ministério da Saúde no sistema de registros, que passou a exigir dados como os números do Cartão Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Contribuinte Pessoa Física (CPF) dos pacientes.

Após pedido dos Estados, que disseram não terem sido comunicados com antecedência da mudança, o ministério suspendeu a alteração.

O recorde anterior de mortos pelo coronavírus em São Paulo havia sido registrado na última terça-feira, quando 1.021 mortes foram registradas no Estado.

A pandemia vive seu momento mais grave no Brasil desde seu início há cerca de um ano, com quase 3 mil mortes sendo registradas diariamente em todo o país.

A alta recorde em São Paulo indica que, ao final do dia, quando o Ministério da Saúde informar os dados nacionais, uma nova alta histórica deverá ser atingida nos óbitos nacionais.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde paulista, na quinta o número de pessoas internadas para tratamento da Covid-19 era de 30.549 pacientes. A ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) no Estado estava em 91,6%.

A pasta informou que 2.392.374 casos da doença já foram confirmados no Estado, e 70.696 pessoas morreram.

Dados do Ministério da Saúde apontam que, em todo o país, o número de casos confirmados é superior a 12,3 milhões e o de mortos ultrapassa a casa dos 303 mil

Deixe comentário

× Fale com a Showtime