‘Semáforos inteligentes’ prometem desafogar trânsito de SP

A Prefeitura de São Paulo começou recentemente a instalação dos chamados “semáforos inteligentes” em alguns cruzamentos da capital paulista. Até o momento, 150 unidades já foram espalhadas pela rua da cidade. Com um visual novo que acrescenta uma borda amarela nas laterais do equipamento, a nova tecnologia tem como objetivo fazer com que o controle do trânsito seja feito de maneira mais eficiente.

Os novos semáforos serão instalados em 2.586 cruzamentos nos próximos 3 anos, de acordo com a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de São Paulo (SP Regula), que coordena o processo. A previsão da prefeitura é que ao menos 270 cruzamentos já estejam com a nova tecnologia até o fim deste ano.

🚦 Como eles funcionam?
Sistema diferente: Os semáforos tradicionais utilizam “laços” para funcionar, isto é, sensores instalados no asfalto para captar o movimento dos carros. No caso dos inteligentes, são usados “laços virtuais”, ou seja, câmeras para captar o movimento, fazendo com que a operação não seja afetada em caso de obras ou recapeamento, por exemplo.

Redução de falhas: o novo sistema também traz outros benefícios, como redução de falhas, já que é possível receber informações sobre o status dos equipamentos em tempo real, facilitando a manutenção em caso de apagão ou outras intercorrências, por exemplo.

Melhor fluidez: ele também traz melhora da fluidez do trânsito, com a sincronização adequada dos semáforos.

Tempo de abertura e fechamento personalizado: detectores acoplados a esse novo sistema enviam um sinal ao controlador de tráfego em tempo real, transformando imagens em dados e, por meio de algoritmos, é capaz de ajustar o tempo de abertura e fechamento dos semáforos de acordo com a demanda.

Tempo dos pedestres: além de avaliar o tempo de segurança para motoristas, o equipamento também considera o tempo necessário para que os pedestres façam a travessia, seguindo as normas de cálculo da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Eles começaram a ser instalados desde o início do segundo semestre e, até agora, já são 152 deles, distribuídos nas regiões das avenidas Doutor Arnaldo, Cardeal Arcoverde, Juscelino Kubitschek, Faria Lima, Armando Sales, Pompeia, Vila Olímpia e Gabriel Monteiro.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime