Secretário da Habitação de SP é investigado por desvios na Alesp

O deputado federal Milton Vieira (Republicanos-SP) foi anunciado pelo prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MDB), como novo secretário municipal da Habitação nesta terça-feira (20). Milton Vieira é investigado pela Polícia Civil por suposto desvio de recursos da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Segundo informações obtidas pelo portal Metrópoles, o deputado teria pedido reembolso no valor de R$ 850 mil da Alesp por despesas em gráficas que seriam de fachada quando ele foi deputado estadual.

A investigação foi aberta pela polícia após uma série de denúncias contra Milton Vieira em 2021, quando ele já era deputado federal. Além da carreira política, Vieira também é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.

Quem investiga o caso é a Delegacia de Crimes contra a Administração do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC).

De acordo com nota da prefeitura, a denúncia foi feita em setembro de 2020 para a PGR de forma anônima, e foi arquivada após ter sido avaliada como improcedente. O comunicado também diz que “a mesma denúncia foi encaminhada ao Ministério Público Estadual, que, por dever de ofício, abriu inquérito”.

A Secretaria de Habitação é responsável pelo “Pode Entrar”, programa habitacional considerado um dos carros-chefes de Nunes na corrida pela reeleição.

Nesta quarta (21), o Republicanos disse, em nota, que a escolha pelo nome de Milton Vieira “coaduna com o seu exímio trabalho desenvolvido no estado de São Paulo e tem o apoio das Executivas Nacional, Estadual e Municipal”.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime