São José e Taubaté estão no ‘Top 15’ no saneamento do país

Taubaté e São José dos Campos estão entre as 15 maiores cidades brasileiras com os melhores indicadores de saneamento básico do país, de acordo com estudo produzido pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a consultoria GO Associados.

O ‘Ranking do Saneamento Básico 2020’, que traz dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (ano base 2018), mostra que as duas maiores cidades da região melhoraram de posição na comparação com o levantamento anterior. No total, a listagem traz os 100 maiores municípios do Brasil.

São José passou do 9º para o 8º lugar e Taubaté melhorou ainda mais, do 21ª para a 14ª posição da lista.

No geral, segundo o Trata Brasil, o estudo apontou que “os costumeiros indicadores de acesso à água e esgotamento sanitário apontam estagnação no país”.

“Em números gerais, 16,38% da população brasileira não tem acesso ao abastecimento de água (quase 35 milhões de pessoas), 46,85% não dispõem da cobertura da coleta de esgoto (mais de 100 milhões de pessoas) e somente 46% do volume gerado de esgoto no país é tratado”, aponta o instituto.

No novo ranking, as cidades que superaram São José, entre elas quatro paulistas, foram: Santos, Franca, Maringá (PR), São José do Rio Preto, Uberlândia (MG), Piracicaba e Cascavel (PR).

As duas cidades do Vale registraram quase os mesmos índices de atendimento total de água e esgoto, respectivamente 100% e 98,75% (São José) e 100% e 99,72% (Taubaté).

O índice de esgoto tratado por água consumida foi de 94,15% em São José e de 95,78%, em Taubaté. Ambas são operadas pela Sabesp.

“As cidades tiveram grande salto na coleta e tratamento de esgoto”, disse Édison Carlos, presidente do Trata Brasil.

O indicador que ainda preocupa nas duas cidades é o de perda de água na distribuição, que piorou em São José (37,48% para 38,19%) e melhorou em Taubaté (38,65% a 37,16%).

Deixe comentário

× Fale com a Showtime