São José barra retorno na rede municipal até 2021, mas libera reforço em escolas privadas e estaduais

A Prefeitura de São José dos Campos anunciou nesta sexta-feira (4) que somente deve retornar com as aulas presenciais nas escolas da rede municipal em 2021. Por outro lado, liberou que escolas estaduais e privadas retornem com atividades de reforço e acolhimento a partir de 8 de setembro, conforme autoriza o Plano SP.

O anúncio foi feito em coletiva de imprensa conjunta entre a Secretaria de Educação e Saúde. Segundo a prefeitura, a medida foi tomada com base na constatação de que os recursos pedagógicos utilizados pelo município são suficientes para que não haja necessidade de retorno neste momento.

A retomada nas escolas privadas e estaduais deve acontecer mediante o atendimento de capacidade limite de até 35% nas unidades. Caso o município tenha autorização do governo estadual para o retorno das aulas presenciais em outubro, a retomada também só deve ser válida para esse grupo.

“Enquanto não tem um trabalho científico consolidado, nós vamos optar pelo que é mais seguro para nossas crianças”, afirmou o secretário de Saúde, Danilo Stanzani.

REGRAS.

Para as atividades de acolhimento, não devem retornar pessoas que integram o grupo de risco para a Covid-19.

Em caso suspeitos da doença, a criança deve ser dirigida ao hospital para a realização do exame RT-PCR. Um protocolo específico deve ser seguido por todas as unidades. As escolas também devem realizar um monitoramento dos alunos faltosos, para identificar se a falta foi derivada de síndrome gripal.

Em caso de surtos, quando forem identificados dois ou mais casos suspeitos da doença em um único espaço, no período de 2 a 14 dias, a Vigilância Epidemiológica deve ser acionada para investigar e tentar bloquear a circulação do vírus.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime