RMVale tem 3.000 casos confirmados de Covid-19 em quatro dias

O mês de dezembro continua batendo recordes negativos da pandemia do coronavírus no Vale do Paraíba.

Nos últimos quatro dias, de segunda a quinta, a região acumula 3.000 casos confirmados de Covid-19, nada menos do que 39% do total registrado em todo o mês, que alcançou 7.689 diagnósticos positivos.

O número de casos nos 17 dias de dezembro supera o total de confirmações em novembro (7.146) e outubro (6.570) e confirma o crescimento acelerado da pandemia na região, situação que pode piorar com as aglomerações nas festas de final de ano.

Dezembro ainda acumula 106 mortes por Covid-19, também superando novembro (101 óbitos) e se aproximando de outubro (123). Agosto ainda lidera o ranking de mortes na região, com 418 óbitos, seguido de julho, com 336.

Nesta quinta-feira (17), a média diária de novos casos de Covid-19 subiu para 452, 89% de aumento frente à média de novembro, de 238 casos diários.

A média de mortes se mantém com seis óbitos diários em dezembro, contra três em novembro e quatro, em outubro. Agosto tinha 13 mortes por dia e julho, onze óbitos diários.

Na média móvel dos últimos sete dias, a região chegou a seis semanas seguidas com aumento no número de novos casos, alcançando 3.409 diagnósticos na semana encerrada nesta quinta. Trata-se de alta de 18,4% ante os 2.877 casos da semana anterior.

Com as mortes são duas semanas consecutivas de aumento nos óbitos, com 28% nesta semana (50 mortes) contra 39 no período anterior.

As 50 mortes são a maior quantidade de óbitos para sete dias desde 23 de setembro, quando a região registrou 64 óbitos em uma semana.

Um dos indicadores que mais influencia no total de mortes é o das internações, que acumulam 348 pessoas hospitalizadas nos últimos três dias e 61,6% de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para a Covid-19.

No geral, a RMVale se aproxima de 68 mil casos confirmados da doença e 1.589 mortes, média de seis óbitos por dia desde o início da pandemia.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime