RMVale registra R$ 397 milhões em investimentos, aponta Seade

Com 13 investimentos anunciados no ano passado, a RMVale acumula R$ 397 milhões em recursos para empreendimentos, o menor valor anual desde o início da série histórica da Fundação Seade, que começa em 2012.

Segundo a Piesp (Pesquisa de Investimentos Anunciados no Estado de São Paulo), divulgada nesta sexta-feira, o valor manteve a região no 6º lugar entre as 15 regiões do estado com maior volume de investimento. O Vale já foi terceiro lugar da lista.

No ano passado, a Fundação Seade apurou 13 investimentos em seis cidades da região: São José dos Campos (oito empreendimentos), Jacareí, Guaratinguetá, Pindamonhangaba, Monteiro Lobato e Santa Branca.

O quarto trimestre do ano passado concentrou dois investimentos na região, ambos em São José dos Campos. O valor anunciado foi de R$ 200,3 milhões.

A boa notícia é que o aporte representou um aumento de 63% frente aos investimentos do terceiro trimestre, de R$ 122,59 milhões, e encerrou o ano com o maior volume de dinheiro anunciado entre todos os trimestres.

No final do ano, a Ericsson anunciou R$ 200 milhões, segundo o Seade, para instalação da linha de montagem dedicada a produtos de tecnologia 5G, na fábrica de São José.

A Coop (Cooperativa de Consumo) anunciou R$ 300 mil para modernizar o sistema de ar-condicionado e instalar tecnologia de auto caixa da unidade da zona leste de São José.

Na série histórica da Piesp, os R$ 200,3 milhões anunciados de outubro a dezembro de 2019 só ganham do mesmo período de 2012, quando o quarto trimestre fechou com R$ 43,7 milhões na região.

Em todos os demais anos, os investimentos foram maiores nos últimos três meses do ano: R$ 1,21 bilhão (2018), R$ 964 milhões (2017), R$ 201,4 milhões (2016), R$ 245,6 milhões (2015), R$ 1,43 bilhão (2014) e R$ 453,6 milhões (2013)..

Deixe comentário

× Fale com a Showtime