RMVale entra na fase ’emergencial’ e tem mais restrições a partir desta segunda-feira

A RMVale começa a aplicar as regras mais duras da chamada ‘fase emergencial’ do Plano SP nesta segunda-feira (14). A mudança acontece no mesmo momento em que a região atinge a taxa de 75,9% de ocupação dos leitos de UTI, que há pouco mais de uma semana era de 57%.

A nova fase, que conta com regras mais duras que a vermelha, foi estabelecida pelo governo estadual com o objetivo de frear a disseminação do coronavírus no momento que é considerado o mais crítico desde o início da pandemia. Em todo o estado, os leitos ocupados representam 88,4%.

Segundo o Centro de Contingência da Covid-19, do Estado, a última semana foi a pior registrada desde o início da pandemia, com 23.025 pessoas internadas, sendo 9.944 em UTIs e 13.081 em enfermaria em São Paulo. As medidas de restrição, aliadas à aplicação da vacina, são tidas como as principais alternativas frente ao combate da doença.

“O que nós buscamos não é cercear o trabalho das pessoas, a vida das pessoas, e sim proteger as vidas”, afirmou Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência.

A nova fase inclui, além das regras já determinadas na fase vermelha, toque de recolher entre 20h e 5h, fechamento de lojas de materiais de construção, celebrações religiosas e práticas esportivas coletivas e proibição da permanência em praias e parques. Inicialmente, as medidas são válidas até 30 de março.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime