Rio inaugura posto de vacinação na base aérea do Galeão

O Rio inaugura, nesta quinta-feira (29), um novo posto de vacinação contra covid-19 na Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador, na zona norte. O atendimento no sistema drive-thru será das 8h às 17h.

A capital fluminense aplica, hoje, a primeira dose do imunizante em homens com 58 anos dos grupos prioritários e profissionais de saúde com 41 anos, além de gestantes com comorbidades.

O município definiu que integram os grupos prioritários pessoas com deficiência permanente, indivíduos com comorbidades, trabalhadores da saúde, educação e serviços de limpeza urbana, além de guardas municipais, motoristas e cobradores de ônibus e transporte escolar.

Entre as comorbidades estão diabetes, hipertensão grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, câncer e obesidade grave, entre outras.

Para receber a vacina, é necessário apresentar as três últimas prescrições ou receitas, atestados, recomendação médica que comprove a comorbidade.

Também está confirmada a aplicação da segunda dose.

Profissionais da saúde e da segurança

Os profissionais de saúde devem se dirigir ao posto de vacinação exclusivamente no período da tarde, de 13h às 17h, levando a carteira de seu conselho de classe. Aqueles que atuam em unidades de urgência e emergência devem ser vacinados no local de trabalho.

O grupo inclui médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, farmacêuticos, dentistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, professores de educação física, veterinários, entre outros.

Os agentes de segurança que vão ser imunizados são policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários.

Locais de vacinação na capital

A vacinação em postos de saúde e clínicas da família ocorre das 8h às 17h. Veja a lista de outros locais:

– Zona sul: Igreja Nossa Senhora do Rosário (Leme), Museu da República (Catete), Casa Firjan (Botafogo), Planetário da Gávea, Jockey Club Brasileiro (Gávea), Hotel Fairmont (Copacabana);

– Zona norte: Tijuca Tênis Clube, Quadra do Cacique de Ramos (Olaria), Museu Conde de Linhares (São Cristóvão), Club Municipal (Tijuca), Imperator (Méier), Quadra da Portela (Madureira);

– Zona oeste: Cidade das Artes (Barra da Tijuca), Vila Militar (Deodoro), Universidade Castelo Branco (Realengo), CIAMPA (Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves – Campo Grande), Museu Aeroespacial (Campos dos Afonsos);

– Centro: Museu da Justiça, Museu do Amanhã, Palácio Duque de Caxias, Espaço Cultural da Marinha, Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência;

– Quartéis dos bombeiros em Copacabana e Humaitá, na zona sul, e Barra da Tijuca, na zona oeste.

– Unidades do Centro de Referência da Pessoa com Deficiência em Irajá, Santa Cruz e Mato Alto (Jacarepaguá).

– ABBR (Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação) no Jardim Botânico, zona sul do Rio, atende de 8h até 12h.

O sistema drive-thru funciona, com atendimento exclusivo para idosos e gestantes, das 9h às 15h, no Parque Olímpico (Barra da Tijuca) e Sambódromo (Santo Cristo). Na Vila Militar (Deodoro), Museu Aeroespacial (Campos dos Afonsos) e CIAMPA (Campo Grande), o funcionamento é das 8h às 17h.

Na Uerj (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), a aplicação da primeira dose é exclusiva para pedestres, com entrada pelo portão 1, das 9h às 15h.

O Coren (Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro Coren-RJ), no Centro, e o Conselho Regional de Farmácia, na Tijuca, atendem exclusivamente os profissionais da saúde das 9h às 16h.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime