Reabertura das escolas poderá ter exceções se SP todo não progredir, diz Rossieli Soares

O plano de reabrir todas as escolas do estado de São Paulo simultaneamente poderá ser alterado para o de abertura regionalizada. A informação foi dada à Folha pelo secretário da Educação, Rossieli Soares, 41, em entrevista nesta quinta (25).

Na véspera, ele e o governador João Doria (PSDB) anunciaram o cronograma de volta às aulas presenciais, teoricamente, em 8 de setembro. O programa, entretanto, determina que a reabertura só acontecerá se todas as regiões do estado permanecerem por 28 dias na fase amarela, terceiro estágio da retomada. Hoje, todas estão aquém.

Rossieli admitiu que, se eventualmente todas as regiões atingirem a fase amarela e uma delas regredir ao longo dos 28 dias, pode-se avaliar a abertura regionalizada, se a equipe de Saúde autorizar.

O secretário, que passou 15 dias internado com Covid-19 em junho, citou a queda de braço pela reabertura e a tendência de aprovação automática.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime