Programa Cidade Inteligente, vitrine de Felicio, sofre dois adiamentos em menos de 3 meses

Em apenas dois meses e meio, o cronograma de implantação do programa Cidade Inteligente sofreu dois adiamentos em São José dos Campos.

Inicialmente, a implantação da primeira fase estava prevista para ser concluída no dia 24 de agosto, e a da segunda fase, até 22 de dezembro.

No dia 4 de setembro, o governo Felicio Ramuth (PSDB) transferiu a data de implantação da primeira fase para 22 de novembro. A da segunda fase permaneceu inalterada.

No dia 20 de novembro, a mudança foi dupla: a data de implantação da primeira fase passou para 20 de fevereiro de 2021 (seis meses após a data original); e a data de implantação da segunda fase passou para 22 de março de 2021 (três meses após a data original).

Questionada pela reportagem, a gestão tucana alegou que os adiamentos “são decorrentes da pandemia de covid-19, que tem provocado problema de fornecimento de materiais”.

PROGRAMA.

No dia 30 de junho, em uma live feita no período pré-eleitoral, Felicio chegou a afirmar que a implantação do programa seria concluída em setembro.

O Cidade Inteligente é um pacote de ações, que inclui 1.000 novas câmeras do COI (Centro de Operações Integradas), interligação semafórica, sinal de internet em todos os prédios públicos e escolas da rede municipal, e uma central, que passará a se chamar CSI (Centro de Segurança Integrada), para integrar COI e CCO (Centro de Controle Operacional).

Embora OVALE tenha solicitado, o governo Felicio não explicou quais ações fazem parte da primeira fase, que será implantada até fevereiro, e quais fazem parte da segunda fase, com prazo até março.

A gestão tucana informou apenas que “o CSI está com a instalação do hardware concluída” e “os softwares estão sendo testados”.

PROCESSO.

Com duração de 48 meses, o contrato entre a Prefeitura e a América Net foi assinado em 28 de novembro de 2019 por R$ 39,3 milhões. O prazo para início de operação do sistema na cidade era de nove meses. A instalação dos equipamentos e cabos de fibra óptica em todas as regiões do município começou, efetivamente, em janeiro desse ano.

Em 6 de fevereiro, no entanto, após ação da empresa Horizons Comunicações, que havia ficado em segundo lugar na concorrência, o Tribunal de Justiça determinou a suspensão do contrato.

Apenas no dia 30 de abril o TJ liberou novamente a execução do serviço pela América Net.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime