Produção industrial cresce em 8 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta quarta-feira (9) dados que mostram que a indústria brasileira vai aos poucos voltando ao ritmo de antes da pandemia do novo coronavírus.

Oito dos 15 locais pesquisados tiveram aumento na produção industrial, de setembro para outubro, na série com ajuste sazonal.

Quatro dessas altas, segundo o IBGE, foram acima da média nacional (1,1%) e a maior delas foi no Paraná (3,4%). Pernambuco (2,9%), Santa Catarina (2,8%) e Região Nordeste (1,7%) também superaram o restante do Brasil.

O Paraná (3,4%), além de ter a maior evolução, marca a sexta taxa positiva consecutiva, com aumento de 51,5% na produção industrial nesses seis meses.

As outras quatro altas foram Mato Grosso (1,1%), Ceará (0,5%), São Paulo (0,5%) e Minas Gerais (0,4%).

O Rio de Janeiro, com -3,9%, teve a maior queda no índice, seguido por Goiás (-3,2%), Espírito Santo (-1,8%), Pará (-1,8%), Amazonas (-1,1%) e Bahia (-0,1%).

O mesmo índice constatou em setembro que a produção industrial teve alta naquele mês em 11 dos 15 locais analisados na passagem de agosto para setembro. Nove estados — Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Pará, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul — já haviam recuperado o patamar de produção industrial pré-pandemia.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime