PMs agridem manifestantes após protestos em São Paulo

Policiais militares agrediram manifestantes que protestavam contra o governo de Jair Bolsonaro, no Largo da Batata, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, neste domingo (7). Um vídeo encaminhado à Record TV mostra a ação.

As agressões aconteceram na rua Teodoro Sampaio, esquina com a rua Mourato Coelho, em frente a uma unidade do Pão de Açúcar, em Pinheiros, no início da noite do domingo.

As imagens mostram pessoas correndo em direção à Consolação, quando equipes da ROCAM (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) se aproximam. Parte das pessoas que corria para e coloca as mãos para o alto.

Neste momento, cinco manifestantes com as mãos levantadas se enfileiram encostados na parede do mercado. Após o que parece ser uma ordem do policial, todos eles sentam no chão.

Um dos policiais, então, de maneira truculenta, puxa com o pé a perna de um dos manifestantes, a fim de estendê-la no chão.

A câmera filma o outro lado da rua, quando, na calçada, outro manifestante tenta correr e é capturado por dois policiais, que o agridem. Um desfere golpes com um cassetete, e o outro dá pontapés no homem, que está deitado no chão.

As imagens retornam para a calçada do mercado, onde mais pessoas estão enfileiradas e deitadas no chão.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que a Polícia Militar analisa as imagens e apura todas as circunstâncias relacionadas aos fatos. E conclui: “As forças de segurança do Governo do Estado de São Paulo atuaram para proteger as pessoas e garantir o direito à livre manifestação de todos aqueles que participaram dos atos deste domingo (7), na capital paulista.”

Deixe comentário

× Fale com a Showtime