Perto de 50 mil casos de Covid-19, Vale tem redução do ritmo de contágio em outubro

A RMVale está prestes a alcançar 50 mil casos confirmados de Covid-19, o que deve ocorrer ao longo da próxima semana, com tendência de queda no ritmo de contágio da doença, que desacelera em outubro.

Até sexta-feira (9), a região registrou 49.081 diagnósticos positivos para o novo coronavírus e 1.310 mortes.

Outubro tem 2.536 novos casos da doença contra 3.238 nos nove últimos dias de setembro, queda de 22%. Foram ainda 51 óbitos por Covid-19 neste mês contra 63 em igual período no final de setembro, recuo de 19%.

“Até 6 de outubro há uma redução do ritmo, mas nos últimos dias surge uma interrogação, pois parece que parou de cair. É aguardar”, avalia o estatístico Paulo Barja, professor da Univap (Universidade do Vale do Paraíba).

A preocupação dele fez sentido.

Embora outubro tenha menos casos do que no final de setembro e média diária de novos casos e mortes mais baixa dos últimos três meses, há alguns sinais que preocupam.

O mais grave é o aumento das internações, o que pode impactar os indicadores da doença nas próximas semanas.

Após queda para 973 internações em 28 de setembro, a região acumula 316 pessoas hospitalizadas por Covid-19 desde então. Desse total, 222 internações ocorreram entre 6 e 8 de outubro. Na sexta (9), os internados somavam 1.289 na região, segundo dados da Fundação Seade.

Com os indicadores mais estabilizados, a RMVale avançou para a fase verde do Plano São Paulo, a quarta e penúltima da escala criada pelo governo estadual. O mesmo ocorreu com a Grande São Paulo e as regiões da Baixada Santista, Campinas, Piracicaba e Sorocaba.

Mesmo assim, o governador João Doria (PSDB) pediu cautela à população no feriado prolongado.

“Cuidado, cautela e zelo vão evitar a infecção, a contaminação e o risco de morte. Podemos desfrutar o feriado prolongado, mas com cuidado para proteger a sua vida, as vidas de seus familiares e amigos. O vírus não escolhe vítima, idade, sexo ou condição socioeconômica”, afirmou.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime