Para conter ‘fluxo do funk’, Felicio quer proibir funcionamento de adegas após as 20h em São José

O prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSDB), enviou para a Câmara Municipal, nesta quinta-feira, um projeto de lei para combater o que, segundo, ele seria um dos principais motivos de formação de fluxos e perturbação de sossego público na cidade: as adegas.

De acordo com o prefeito, com a aprovação desta lei, esses locais só poderão exercer suas atividades até as 20h, ficando proibido também o Drive Thru nestes estabelecimentos.

“A perturbação do sossego público tem incomodado muito a população de São José dos Campos. A inteligência da Polícia Militar, em conjunto com a GCM, constatou que existem vários tipos de fluxo, ou seja, vários motivos que originam os fluxos na nossa cidade. Essa alteração legislativa vai combater um desses motivos, que são as adegas”, afirmou o prefeito em suas redes sociais.

Atualmente, a legislação permite a abertura de adegas em diversos locais e zoneamentos da cidade, mas sem o consumo de bebida dentro dos locais, o que, segundo o prefeito, acaba fazendo com que as pessoas consumam nas ruas, gerando aglomeração.

O projeto também prevê multa no valor de cinco mil reais se a norma não for cumprida.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime