Operação recupera R$ 4,8 milhões em impostos para os cofres públicos

A Secretaria de Economia do Distrito Federal apreendeu nesta semana mais de R$ 17 milhões em produtos que entrariam em circulação no DF com notas fiscais irregulares para a sonegação de impostos.

De acordo com a pasta, a apreensão recuperou para os cofres públicos R$ 4.863.834,66, o que corresponde à quantia em impostos que não seriam pagos. O valor total dos produtos apreendidos é de R$ 17.013.364,41.

Batizada de Tributum Iustitia, a operação foi conduzida pela Cofit (Coordenação de Fiscalização Tributária) da Secretaria de Economia. Participaram 45 auditores que atuaram em rodovias, transportadoras, estabelecimentos comerciais e no Aeroporto Internacional de Brasília. A maior parte das mercadorias apreendidas são telefones celulares.

Foram apreendidos também cosméticos, confecções, bebidas alcoólicas, produtos de gêneros alimentícios, ferragens, madeira, material de papelaria, material de construção, produtos odontológicos, calçados, armações de óculos, lentes de contato e produtos eletrônicos.

As mercadorias apreendidas serão encaminhadas ao Depósito de Bens Apreendidos, da GEFMT (Gerência de Fiscalização de Mercadorias em Trânsito). Os produtos ficarão retidos para apuração e procedimentos de autuação. Após aplicação de multa e dos autos de infração, eles poderão ser retirados e ficarão disponíveis para os remetentes ou destinatários finais.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime