Coronavírus: Olimpíada de Tóquio é adiada para 2021

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, afirmou nesta terça-feira (24) que o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, aceitou adiar a realização dos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, por um ano, em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Bach concordou 100% com a nossa proposta de adiar os Jogos Olímpicos”, afirmou Abe em pronunciamento sobre a mudança da data do evento, inicialmente previsto para ocorrer entre os dias 24 de julho e 14 de agosto.

A proposta ainda será discutida pelo comitê executivo do COI. Segundo a agência Reuters, uma reunião emergencial foi convocada depois de o Japão apresentar o pedido de adiar o evento em 12 meses.

Abe afirmou que a pandemia do novo coronavírus não permitiria que os Jogos Olímpicos fossem realizados de “forma completa” e que, por isso, era inevitável adiar as competições para 2021.

As especulações sobre a mudança da data dos Jogos Olímpicos começaram no fim de semana, quando o COI anunciou que decidiria sobre o futuro do evento em até 30 dias. No entanto, vários países, entre eles o Brasil, aumentaram a pressão sobre a entidade para que as competições fossem adiadas.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime