Movimento nas ruas do Rio cai 50% após restrições

O movimento nas ruas da cidade do Rio de Janeiro caiu 50% após as novas medidas de restrição para conter o avanço da covid-19, anunciadas pelo prefeito Eduardo Paes na última quinta-feira (4).

De acordo com o secretário municipal de Ordem Pública, Breno Carnevalle, essa diminuição ocorreu por conta do forte patrulhamento no município desde a publicação do decreto no Diário Oficial.

“A Guarda Municipal está polarizada por todo o território, faz um patrulhamento 24 horas por dia. E além desse patrulhamento de fiscalização, também foram feitas ocupações antecipadas e preventivas dos principais pontos de aglomeração.”, disse Carnevalle.

Ainda segundo o secretário, desde a última sexta (5), quando as medidas passaram a valer, até esta quarta-feira (10) foram aplicadas mais de 3.100 autuações, 271 multas e 32 interdições a estabelecimentos comerciais que desrespeitaram as novas regras.

Entre as medidas estabelecidas para conter o avanço da covid-19 no Rio estão a proibição de permanência de pessoas em vias e áreas públicas das 23h às 5h; a limitação do horário de funcionamento dos bares, lanchonetes e restaurantes para 6h às 17h, com limitação de 40% da capacidade máxima; limitação de comércios e serviços com atendimento presencial, que só podem funcionar das 6h às 20h.

Além disso, quiosques, barracas comerciais e ambulantes em toda a orla do município estão proibidos de funcionar. Festas, eventos, feiras especiais, feiras de ambulantes, feirartes e os funcionamentos de boates e casas de espetáculo também não podem abrir.

Essas medidas vão valer até quinta-feira (11), quando haverá uma nova reunião para determinar se elas continuarão a vigorar no município.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime