Mesmo com crescimento de casos, Estado pode anunciar flexibilização maior na RMVale nesta quarta

O governo estadual pode anunciar nesta quarta-feira (10) que o Vale do Paraíba irá aumentar as medidas de flexibilização da quarentena a partir de 15 de junho, mesmo em meio a aumento de casos confirmados de Covid-19.

Apenas em junho, até esta terça-feira (9), a região registrava 1.030 novos casos confirmados da doença, quase o dobro do apurado nos meses de abril e março e mais da metade do apurado em maio, de 1.672. No total, são 3.274 casos confirmados na região.

Segundo o Estado, os indicadores de saúde da região permitiriam intensificar a reabertura econômica a partir da próxima segunda-feira. Para tanto, a região terá que confirmar nesta quarta os mesmos índices da semana anterior.

Serão avaliados itens como a ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), internações, casos confirmados e óbitos.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Marco Vinholi, disse que o Vale melhorou a sua taxa de internação no período analisado e, por isso, segue com tendência de poder aumentar a flexibilização. Outras regiões na mesma situação são a Baixada Santista e o Vale do Ribeira.

FASES

A RMVale está na fase 2 (laranja) do Plano São Paulo de retomada das atividades econômicas, classificada de ‘controle’.

A fase permitiu a reabertura e atendimento presencial, com restrições, de cinco atividades comerciais: shoppings, comércios, concessionárias, imobiliárias e escritórios.

A próxima fase do plano é a amarela (3), de flexibilização, e permite maior reabertura de atividades econômicas.

O plano também prevê que, se a região piorar em seus indicadores, pode recuar para a fase 1 (vermelha), de alerta máximo, sem flexibilização de atividades.

“O número maior de casos está relacionado ao aumento da testagem, e era esperado. Importante é que a ocupação de leitos e o número de óbitos têm reduzido”, disse o médico João Gabbardo, secretário executivo do Comitê de Contingência do Coronavírus de São Paulo.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime