Justiça manda parar obra da Linha 2-Verde do Metrô de SP

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) determinou que o Metrô paralise as obras de expansão da Linha 2-Verde no Jardim Têxtil, na zona leste da capital. As obras preveem o desmatamento de mais de 300 árvores que pertencem à região conhecida como “Complexo Rapadura”. A decisão do Juiz José Eduardo Cordeiro Rocha, de 17 de dezembro, atende ao pedido do Ministério Público.

De acordo com o TJ-SP, “se faz o resguardo da fauna e da flora do local, além dos achados arqueológicos, mencionados na inicial, razão pela qual determino à Companhia do Metropolitano de São Paulo que se abstenha de realizar qualquer movimentação de terra na área do ‘Complexo Rapadura’ ou mesmo o corte de árvores.”

O Ministério Público paulista alega que “tentou resolver a questão da presente ação de forma amigável e que inclusive havia reunião agendada com a parte contrária para tratar do assunto, mas que foi adiada”. Diante de tal cenário, o caso foi levado à Justiça.

O TJ-SP também agendou uma audiência virtual de tentativa de conciliação para o dia 4 de fevereiro, às 14h.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime