Israel diz ter matado chefe de ataques com mísseis antitanque do Hamas

As Forças de Defesa de Israel (FDI) disseram ter matado um comandante sênior do Hamas responsável pelas operações de mísseis antitanque (ATGM) do grupo extremista islâmico no centro da Faixa de Gaza.

As FDI afirmaram que Ibrahim Abu-Maghsib era o chefe da formação ATGM do Hamas na chamada brigada dos campos centrais. A informação foi dada em declaração conjunta dos militares com a agência de segurança Shin Bet.

“Como parte de sua posição, ele dirigiu e realizou vários lançamentos de mísseis antitanque direcionados a civis israelenses e soldados das FDI”, disseram em comunicado.

Nas redes sociais, os militares israelenses publicaram vídeos mostrando como ocorreu o ataque.

Além da execução do membro do Hamas pelas FDI, as forças da Marinha também disseram ter atacado posições de lançamento de ATGM do Hamas em Gaza.

Nessa quarta-feira (8), as Forças de Defesa de Israel afirmaram ter matado Mohsen Abu Zina, chefe de armas e indústrias do Hamas. Segundo o Exército israelense, os militares continuam na Faixa de Gaza “para matar terroristas e a direcionar aeronaves para atacar infraestruturas terroristas”.

“Como parte da sua função, Mohsen Abu Zina serviu como um dos principais criadores de armas do Hamas e foi um especialista no desenvolvimento de armas estratégicas e foguetes utilizados pelos terroristas do Hamas”, disseram os militares em comunicado.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime