Guedes afirma que desemprego está menor do que antes da pandemia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a excelente recuperação do Brasil no pós-pandemia é comprovada por números como a diminuição da taxa de desemprego, que está em nível inferior ao registrado no início da pandemia.

“O desemprego foi de 12% para 14,5% e agora está em 11,1%. Então está menor agora do que quando a Covid veio”, declarou durante evento promovido pelo Centro para Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS, na sigla em inglês).

Dados da Pnad Contínua, do IBGE, mostram que a taxa de desemprego fechou em 11,1% no quarto trimestre de 2021. No primeiro trimestre de 2020, quando a pandemia iniciou, o indicador estava em 12,4%. O nível mais alto registrado foi de 14,9%, no terceiro trimestre de 2020 e no primeiro trimestre de 2021.

Guedes disse que o país se recuperou bem do primeiro choque e conseguiu equalizar o gasto público, que depois de uma elevação durante o auge da pandemia, está num patamar inferior. Ele também reforçou que com a vacinação em massa a pandemia praticamente “foi embora” e que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já havia declarado o fim da pandemia no país.

Invasão russa
Guedes também comentou sobre a guerra na Ucrânia. Ele reiterou que o Brasil se posicionou contra a invasão e repetiu o discurso do Itamaraty sobre as sanções econômicas contra o país.

Questionado sobre a visita do presidente Jair Bolsonaro ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, o ministro reconheceu que o timing foi inapropriado.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime