Guaratinguetá ignora fase vermelha e permite abertura de comércio não-essencial durante a semana

Mesmo com a RMVale na fase vermelha do Plano São Paulo, a prefeitura de Guaratinguetá driblou o decreto estadual e editou um decreto próprio que permite o funcionamento do comércio não-essencial nos dias de semana, fechando apenas nos dias 30 e 31 de janeiro e 6 e 7 de fevereiro. O fechamento do comércio é orientado para diminuir o ritmo de contágio da Covid-19.

“Seguindo o decreto n° 65.487 do Governo do Estado de São Paulo, Guaratinguetá ficará nos dias 30 e 31 de janeiro e 06 e 07 de fevereiro na fase vermelha do Plano SP, com o funcionamento de apenas serviços essenciais nessas datas. Nos próximos dois finais de semana poderão funcionar somente os serviços essenciais, como: farmácias, mercados, padarias, postos de combustível e hotéis”, diz a prefeitura de Guaratinguetá.

De acordo com o decreto da cidade, comércios, serviços em geral, shopping, salões de beleza e barbearias terão funcionamento com atendimento ao público de 8 horas diárias, no período compreendido entre as 6h e 20h, com a capacidade de ocupação limitada a 40%. Academias de esportes e centros de ginástica deverão operar com capacidade de ocupação limitada a 30%, com horário de atendimento de 8h diárias, no período entre as 6h e 20h.

O atendimento presencial em bares continua proibido durante todos os dias, além de quadras esportivas e parques municipais que deverão permanecer fechados. Eventos, convenções, atividades culturais, esportes coletivos e salões de festas também estão proibidos.

No entanto, o decreto de fechamento apenas nos finais de semana vale para as regiões que estão, atualmente, na fase laranja. A RMVale está na fase vermelha.

Questionada, a prefeitura de Guaratinguetá alega que segue o decreto do estado e que, inclusive, durante os dias de semana adotou algumas medidas mais rigorosas, “como fechamento de quadras, parques, proibição de esporte coletivo”.

A reportagem de OVALE entrou em contato com o Governo de São Paulo para falar sobre o assunto e aguarda o retorno.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime