Governo volta a aumentar limite do crédito consignado para 40%

O governo federal voltou a aumentar para 40% o percentual máximo de empréstimo consignado com desconto direto na folha de pagamento para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A medida havia vigorado por nove meses em 2021 como uma forma de facilitar o acesso ao crédito em decorrência da pandemia de Covid-19.

De acordo com o texto, publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (28), 5% dos recursos devem ser destinados exclusivamente para saque ou amortização de despesas do cartão de crédito, um percentual já previsto e que seguirá o mesmo. O restante (35%) é para o empréstimo pessoal com crédito em conta.

A modalidade é concedida a quem tem salário, aposentadoria ou pensão creditados em conta-corrente. Por ser descontado diretamente na folha de pagamento ou da aposentadoria do cliente, é uma opção de empréstimo fácil e tem uma das menores taxas do mercado.

Nos últimos meses de 2021, o volume de crédito para segurados do INSS bateu uma série de recordes. Em agosto, foram contratados R$ 184,5 bilhões. De acordo com dados do Banco Central, é o maior valor já registrado na modalidade de empréstimo para esse público. Em um ano, o valor total aumentou 25%. Em agosto de 2020, era de R$ 147,6 bilhões.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime