Felicio diz que situação é de ‘cautela’

O prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSDB), classificou o cenário da pandemia no município como de ‘cautela’ e disse que de todas as internações registradas oriundas da Covid-19, 40% são de pessoas de fora da cidade. Ainda assim, o tucano frisou que vê estabilidade nos dados da saúde.

De acordo com o prefeito, a situação enfrentada pelos hospitais da rede ainda não é tão grave quanto os registros observados em janeiro, quando o município enfrentou uma escalada de casos após as festas de fim de ano. Segundo dados do boletim epidemiológico, em 19 de janeiro, por exemplo, a taxa de ocupação no Hospital Municipal era de 85,4% na UTI e 91,0% na enfermaria. Nessa terça-feira (23), o índice estava em 69,7% na UTI e 93,3% na enfermaria do mesmo hospital.

Em entrevista, o tucano apontou que é comum que os hospitais de referência instalados no município atraiam pessoas de fora — o que eleva a taxa de ocupação de leitos no município como um todo. Apesar disso, ele destacou que espera uma melhora nos indicadores até o final da semana.

“[A taxa] continua estável, nós esperamos que essa semana diminua ainda mais, que ainda seria o ideal para a cidade porque a gente nem vai chegar a atingir, por exemplo no Hospital Municipal, aquele pico de internação que a gente atingiu em janeiro, que foi quando eu decretei fase vermelha”, afirmou. “Por enquanto nós ainda estamos abaixo desse pico de internações na rede municipal. Na rede privada, a gente também não tem tido uma demanda, da grande maioria dos hospitais privados em relação à possibilidade de internação, ou seja, ainda não é algo que preocupa”, continuou.

Segundo ele, embora os números apontem para gravidade na ocupação de leitos privados, os hospitais têm conseguido abrir novas unidades de tratamento conforme a necessidade.

“Por enquanto nós não temos uma situação de alerta na rede privada, tampouco no Hospital Municipal. Isso não significa que a situação é tranquila, que está tudo ótimo, maravilhoso. É uma situação de cautela, mas estamos em estabilidade”, disse.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime