EUA aprovam uso emergencial de vacina da Pfizer contra covid

Um comitê de especialistas da FDA (Food and Drug Administration), agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, aprovou nesta quinta-feira (10) o uso emergencial da vacina contra a covid-19 BNT162b2, desenvolvida pela empresa de biotecnologia alemã BioNTech e pela gigante farmacêutica norte-americana Pfizer.

A decisão, que abre caminho para que a agência autorize o uso do imunizante para todo o país, foi oficializada após uma reunião virtual que durou o dia inteiro, com diversas apresentações e com a presença de representantes das empresas desenvolvedoras, que responderam a dezenas de questionamentos dos especialistas da agência.

Dentre o grupo de especialistas, 17 votaram a favor de que os benefícios conhecidos da vacina são maiores que os potenciais riscos. Quatro integrantes votaram contra e um se absteve. Apesar de a FDA não ser obrigada a seguir a decisão do comitê, ela normalmente o faz. A autorização emergencial dos Estados Unidos para essa vacina é um marco mundial no enfrentamento à pandemia da covid-19.

A FDA é globalmente respeitada e serve como referência para outros países em decisões regulatórias de drogas e tratamentos.

Os Estados Unidos também se tornam o maior país até o momento a fazer uso de um profilático emergencial contra a covid-19.

Os planos do governo incluem a distribuição de 2,9 milhões de doses da vacina nas próximas 24 horas e a mesma quantidade em três semanas para garantir a segunda aplicação nos grupos vacinados.

A vacina da Pfizer/BioNtech já obteve autorização para uso de emergência no Reino Unido, Bahrein e Canadá.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime