Empresa dos EUA recebe R$ 8,5 bi para fabricar vacina contra covid-19

A Novavax, uma empresa de biotecnologia de Maryland que desenvolve vacinas para doenças infecciosas graves, vai receber US$ 1,6 bilhão (cerca de R$ 8,5 bilhões) do governo dos Estados Unidos para investir em uma vacina contra a covid-19. A expectativa é ter milhares de doses até o início do ano que vem.

A empresa anunciou nesta terça-feira (7) que foi selecionada para participar do Operation Warp Speed ​​(OWS), um programa criado no governo Trump que tem como objetivo fornecer milhões de doses de uma vacina contra a doença.

Leia também: Saiba como fazer o teste diagnóstico de covid-19 pelo plano de saúde

O finaciamento vai garantir recursos para os ensaios clínicos de fase 3 – a última etapa de testes em humanos antes da comercialização, que deve envolver até 30 mil voluntários -, fabricação em larga escala e fornecimento de 100 milhões de doses da vacina chamada NVX-CoV2373 para distribuição entre o final de 2020 e o começo de 2021.

A Novavax projetou geneticamente uma proteína presente na superfície do novo coronavírus que deve desencadear uma resposta do sistema imunológico e a produção de anticorpos contra o agente invasor no organismo.

Leia também: Covid-19: Homem morre após postar que se arrependeu de ir a festa

Em maio, a empresa começou um ensaio clínico de fase 1 para avaliar a segurança e eficácia da aplicação da vacina em 130 voluntários na Austrália. Os participantes são saudáveis e têm entre 18 e 59 anos. Os resultados dos testes devem sair no final deste mês.

Um estudo da fase 2 com a participação de até 2.000 pessoas para avaliar os efeitos da vacia em comparação com um placebo tem previsão para começar em agosto, de acordo com o presidente e diretor-executivo da Novavax, Stanley C. Erck,

Deixe comentário

× Fale com a Showtime