Dois bombeiros desaparecidos após incêndio na sede da Segurança Pública do RS

Dois bombeiros que atuavam no incêndio que atingiu o prédio da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul na madrugada desta quinta-feira (15) estão desaparecidos, informou o vice-governador e secretário da pasta Ranolfo Vieira Júnior.

“Nossa prioridade passa a ser a localização dos dois colegas bombeiros. Ao mesmo tempo em que damos sequência às ações do gabinete de crise, estaremos monitorando os trabalhos”, escreveu Ranolfo nas redes sociais.

As informações iniciais eram de que não haviam feridos já que o edifício havia sido completamente evacuado antes da dispersão do fogo. No entanto, por volta da 1h da quinta-feira, tendo passado a etapa de rescaldo, verificou-se o desaparecimento dos bombeiros.

“Assim que houver condições de entrar no prédio, serão iniciadas buscas para confirmação de vítimas”, disse nota enviada pela Secretaria. Até a manhã desta quinta (15), não havia mais informações sobre o paradeiro dos brigadistas.

O vice-governador também afirmou que as autoridades estão adotando medidas de precaução “para isolar as áreas próximas e evitar a ampliação dos danos”. Uma parte do prédio chegou a desabar após os danos causados pelo fogo.

As autoridades também realocaram os serviços de emergência atendidos pelo 190 temporariamente para o 9º Batalhão de Polícia Militar, informou a pasta nesta manhã. “Todos os cidadãos podem continuar a ligar para o 190 para acionar a Brigada Militar, o 193 para os Bombeiros e o 197 da Polícia Civil”, afirmam.

O governador Eduardo Leite (PSDB) escreveu que “as perícias serão feitas no sentido de apurar as causas do incêndio” e que o governo trabalhará para dar continuidade às atividades de segurança e administração penitenciária.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime