Covid-19: governo institui incentivos para compra de equipamentos

O governo instituiu, nesta sexta-feira (27), um incentivo financeiro destinado a compra de equipamentos afim de readequar os estabelecimentos de saúde dos Estados, municípios e Distrito Federal, no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde), que prestam assistência às gestantes, recém-nascidos e mulheres que acabaram de dar à luz, no intuito de minimizar os riscos decorrentes da covid-19.

Segundo a portaria, o dinheiro destinado servirá para construção de espaços que garantam maior segurança e confiabilidade a esse grupo de risco.

Dessa forma, o texto prevê a construção de salas de parto, centros obstétricos, além de um alojamento conjunto e unidade neonatal, para monitoração hemodinâmica, suporte de ventilação mecânica às gestantes com intercorrências obstétricas, suporte ventilatório e controle da hipotermia aos recém-nascidos prematuros.

Vale ressaltar que só poderão aderir ao incentivo financeiro oferecido pelo governo os estabelecimentos de saúde cadastrados no SCNES (Sistema Nacional de Cadastro de Estabelecimentos de Saúde), e que tenham realizado pelo menos 250 partos, de acordo com a produção informada na base nacional do Sistema de Informações Hospitalares.

Para os estabelecimentos que tiverem realizado entre 250 a 480 partos em 2019, serão disponibilizados R$ 169 mil para aquisição de equipamentos. Já para os que realizaram acima de 480 partos no ano passado, o governo disponibilizará R$ 583 mil.

Os Estados, municípios e Distrito Federal poderão solicitar a adesão ao incentivo financeiro por meio do site do Fundo Nacional da Saúde.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime