Coronavírus tem mais mortes suspeitas do que a violência no Vale, líder de homicídios em São Paulo

Em menos de um mês, o novo coronavírus acumula mais mortes suspeitas do que a violência no Vale do Paraíba, a região líder de homicídios em São Paulo.

Desde a primeira morte suspeita na RMVale, em 24 de abril, já são 47 óbitos ou confirmados ou ainda aguardando análise. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, do governo estadual, o último mês com mais homicídios que este número na região foi em dezembro de 2012 — quando foram 55 assassinatos em todas as 39 cidades da região.

São José dos Campos, por exemplo, até a noite desta quinta-feira (10) contava com 11 mortes suspeitas e outras duas confirmadas. Ao todo, foram oito homicídios na cidade nos primeiros dois meses do ano. Taubaté, que tem cinco mortes suspeitas e uma confirmadas, registrou dois assassinatos entre janeiro e fevereiro.

No total, a região tem 120 casos confirmados da doença, e investiga 1.229 deles. São 39 mortes suspeitas e outras oito já confirmadas.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime