Consumo de bebida alcoólica nos bares está proibido em BH

Começam a valer, a partir desta segunda-feira (7) uma série de restrições impostas pela Prefeitura de Belo Horizonte a estabelecimentos comerciais para tentar conter a alta de casos de covid-19 na cidade.

Conforme decretos assinados pelo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), bares, restaurantes e lanchonetes não poderão vender bebidas alcoólicas para consumo no local. Também estão proibidos eventos gastronômicos, espetáculos e shows.

A restrição da venda de bebidas alcoólicas vale para todos os estabelecimentos alimentícios e similares que comercializem estes produtos. No entanto, a venda para consumo fora do local segue permitida.

Esta não é a primeira vez que o consumo de bebidas alcoólicas é proibido na capital mineira. Em agosto deste ano, quando o prefeito autorizou a reabertura dos bares e restaurantes pela primeira vez, a estratégia adotada para evitar aglomerações foi a mesma.

A partir de hoje, também estão proibidos eventos gastronômicos, espetáculos e shows. Até então, a prefeitura autorizava, desde o fim de outubro, as apresentações musicais com público sentado. As peças teatrais que já têm alvarás vigentes seguem autorizadas para performances apenas com a plateia sentada.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime