Com uso de servidora, Russomanno fez acordos judiciais às pressas antes de campanha

O deputado federal Celso Russomanno (Republicanos), líder nas pesquisas para a Prefeitura de São Paulo, fechou um acordo judicial com dois ex-funcionários de uma de suas empresas às vésperas do início da campanha eleitoral. As ações trabalhistas se arrastavam desde 2016.

De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, a advogada que representou o deputado na negociação foi uma servidora do gabinete dele na Câmara dos Deputados. Fernanda Teixeira Popov foi nomeada como secretária parlamentar em abril de 2019, com salário bruto de R$ 6.296,34. Ela ainda está no cargo.

Questionada sobre o caso, a advogada disse que trabalhou no processo trabalhista da empresa do deputado fora do horário de expediente. “Eu advogo fora do meu horário. Isso está previsto no estatuto do servidor público. Eu saio daqui às 18h, tenho final de semana. Trabalho aqui o dia inteiro e, nas minhas horas vagas, para outras pessoas”, disse.

O acordo foi fechado no dia 22 de setembro, cinco dias antes de a campanha eleitoral iniciar formalmente, e foi assinado pelo Museu do Pão. A empresa é razão social da padaria O Forno do Padeiro, localizada em Moema, bairro nobre de São Paulo. Russomanno foi proprietário do local até novembro de 2019, quando o estabelecimento fechou.

Candidato de Bolsonaro

Apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, Russomanno recebeu nesta segunda-feira (19) dois integrantes do alto escalão do governo: o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o Secretário Especial de Comunicação Social, Fabio Wajngarten. A informação é do Estado de S.Paulo.

Ambos se encontraram com o deputado em uma produtora de vídeos na Barra Funda, em São Paulo, onde o candidato grava o seu programa eleitoral. O encontro não constava na agenda oficial de Salles ou Wajngarten.

Questionado por repórteres, Salles afirmou que foi ao local para tratar da despoluição do Rio Pinheiros e que o tema é de relevância para o governo federal. “É um programa importante, fundamental, que merece o apoio do governo federal. A Prefeitura terá que ter um papel importante nisso, junto com os governos federal e estadual”, disse.

Mais tarde, Salles afirmou nas redes sociais que também se reuniu com Andrea Matarazzo (PSD), outro candidato de direita em São Paulo, para tratar sobre questões ambientais

Deixe comentário

× Fale com a Showtime