Com menos restrições, São José teve na fase laranja isolamento superior a 92 cidades da vermelha

A cidade de São José dos Campos registrou taxa de isolamento de 52% no último domingo (7) e superou o índice de 92 cidades paulistas que estavam na fase vermelha do Plano São Paulo, sendo oito delas no Vale do Paraíba.

Na ocasião, o maior município da RMVale ainda estava na fase laranja, menos restritiva, em razão de uma liminar obtida junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo contrária ao decreto estadual de fase vermelha –a liminar foi cassada pelo Supremo Tribunal Federal nesta segunda.

Os dados são medidos diariamente pelo Simi (Sistema de Monitoramento Inteligente), do governo estadual, nas 139 maiores cidades paulistas.

Na avaliação do Centro de Contingência ao Coronavírus de São Paulo, 50% é a taxa mínima de isolamento para reduzir o contágio pelo coronavírus, que segue acelerado no estado.

O índice de 52% de São José também foi o maior para a cidade desde 3 de janeiro, primeiro domingo do ano, quando o município registrou 54% de isolamento. E ainda representa cerca de 380 mil pessoas respeitando a quarentena.

Nem mesmo durante a fase vermelha decretada pelo próprio município entre 18 de janeiro e 6 de fevereiro, em razão do aumento de casos e internações, a cidade conseguiu uma taxa de isolamento de 52%.

Nesse período, o máximo de isolamento que São José registrou foi de 51% em dois domingos: 31 de janeiro e 14 de fevereiro. Nos dias úteis, a maior taxa foi de 46% no dia 15 de fevereiro, uma segunda-feira.

Nesta segunda (8), segundo os dados do Simi, a taxa de isolamento caiu para 43% em São José, ficando atrás de três municípios do Vale: São Sebastião (53%), Ubatuba (49%), e Lorena (46%).

Mas superando Campos do Jordão (42%), Caraguatatuba (42%), Caçapava (42%), Cruzeiro (40%), Pindamonhangaba (40%), Guaratinguetá (38%) e Taubaté (38%).

Guará e Taubaté estão entre as 30 cidades do estado com as menores taxas de isolamento. A pior é Jundiaí, com 34%.

Já São Sebastião, que liderou o ranking durante a maior parte da pandemia, está no grupo de cima da tabela, com o sétimo melhor índice estadual. A campeã foi São Joaquim da Barra, com 64% de isolamento. O índice estadual foi 42% nesta segunda.

Patricia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, disse que a taxa de isolamento precisa subir mais para conter o avanço da pandemia.

“A taxa já mostra resultado subindo de 46% para 51% no último final de semana no estado, quatro pontos percentuais acima do que estávamos registrando nos últimos finais de semana. Mas precisamos reduzir mais a circulação. Estamos monitorando indicadores de aglomeração e fizemos parceria com empresas de dados e tecnologia para verificarmos por setor”, disse ela.

“O Plano SP traz modelo de gestão e convivência com a pandemia. Estamos reduzindo a circulação ao mesmo tempo em que mantemos as atividades econômicas girando com segurança”, completou a gestora.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime