Com coronavírus, mais 5,4 milhões de brasileiros devem ser lançados na extrema pobreza neste ano

O avanço da pandemia do coronavírus deve jogar 5,4 milhões de brasileiros na extrema pobreza neste ano, segundo estimativas do Banco Mundial.

A instituição também prevê retração de 5% no PIB (Produto Interno Bruto) do país em 2020, a maior em 120 anos.

Caso o cenário se confirme, o número de pessoas vivendo com menos de US$ 1,90 por dia no Brasil aumentará para 14,7 milhões até o fim de 2020. E a taxa de pobreza extrema chegaria a 7% da população, o maior patamar de miseráveis desde 2006, quando 7,2% dos brasileiros viviam nessas condições.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime