Cliente de chefe da Secom vira número 1 em verbas publicitárias da pasta

A agência de publicidade Artplan tem sido a número um em verbas distribuídas pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom). Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a agência é cliente de uma empresa privada do chefe da Secom, Fabio Wajngarten. De acordo com a reportagem, a Artplan recebeu da secretaria R$ 70 milhões entre 12 de abril e 31 de dezembro de 2019, 36% mais do que o pago no mesmo período do ano anterior (R$ 51,5 milhões).

Wajngarten é sócio da FW Comunicação e Marketing, dona de contratos com ao menos cinco empresas que recebem recursos direcionados pela Secom, entre elas as redes de TV Band e Record.
Ainda segundo a Folha, a Artplan é uma das contratantes da FW, além de deter a conta de propaganda da secretaria vinculada à Presidência e de outros órgãos do governo.

De acordo com o chefe da Secom, antes de tomar posse para assumir sua função, ele deixou o posto de administrador da empresa. Fabio também afirmou que não há nenhum conflito de interesses em manter negócios com empresas que órgãos do governo tem contrato.

A legislação vigente proíbe integrantes da cúpula do governo de manter negócios com pessoas físicas ou jurídicas que possam ser afetadas por suas decisões.

Em nota à reportagem da Folha, a Secom informou que a Artplan é uma das três agências selecionadas em licitação do governo anterior para atendê-la e, nos últimos 12 meses, venceu seleções internas para quatro campanhas. As outras duas, Calia e PPR, venceram três cada uma.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime