Cidades brasileiras registram neste sábado protestos contra o governo

Protestos contra o governo Bolsonaro são registrados neste sábado (19.jun) em diferentes cidades do país. Entre as reivindicações dos manifestantes, são apresentados pedidos para maior vacinação contra covid-19, aumento do auxílio emergencial e mudanças em políticas do governo federal para combate à pandemia.

O protesto começou durante a manhã em algumas capitais, como em Brasília, Recife e Belém. E é previsto para ocorrer em diferentes estados ao longo do dia. Brasileiros em outros países, como Inglaterra e Holanda também fazem ações.

Apesar da maioria dos manifestantes utilizarem máscaras, foram constatados focos de aglomeração entre os participantes. Na capital federal, o grupo segue em duas ações: uma carreata e protesto a pé, com caminhada em direção ao Congresso Nacional.

No DF, a polícia fez uma barreira para revistar os manifestantes, em que só é permitida a passagem com faixas. Em grande parte dos cartazes há o pedido para investimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e na educação. As maiores críticas são sobre a condução da pandemia.

Outros temas como movimentos sociais e questões de gênero também são abordados. Além de bandeiras de partidos políticos. Alguns dos manifestantes fazem distribuição de máscaras de proteção individual do tipo PFF 2 — modelo considerado mais seguro — e de álcool em gel.

É o segundo protesto da oposição realizado contra o governo. O primeiro foi há 3 semanas, em 29 de maio. Nesse período, apoiadores do governo também fizeram protestos. O último foi uma motociada no sábado passado (12.jun) em São Paulo.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime