China registra 108 novos casos de covid-19, 10 de contágio local

A China registrou 108 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, incluindo dez de contágio local, o número mais alto desde 28 de março, informou na última noite a Comissão de Saúde do país.

Até a 0h de segunda-feira (hora local) morreram duas pessoas devido à covid-19, ambas na cidade de Wuhan, centro da epidemia.

Os dez casos de contágio local ocorreram nas províncias de Guangdong, próximo a Macau, no sul do país, e de Heilongjiang, na fronteira com a Rússia, um novo centro de infecção na China devido ao fluxo de viajantes entre os dois países vizinhos.

A cidade de Suifenhe, que fica do lado chinês da fronteira e se encontra sob quarentena desde quarta-feira passada (8), registrou já cerca de 200 casos confirmados e mais de 100 casos assintomáticos, informou a agência de notícias oficial chinesa Xinhua.

A maioria dos casos foi diagnosticada em chineses que moram na Rússia e voaram de Moscou para Vladivostok (leste), entrando na China pelo posto fronteiriço em Suifenhe.

As autoridades chinesas destacaram vários médicos e funcionários de saúde para um hospital de campanha montado na última semana em Suifenhe, para tentar conter o surto.

As autoridades proibiram a entrada de estrangeiros no país, no fim do mês passado, mas muitos chineses radicados no exterior estão voltando ao país, à medida que a doença se alastra pelo resto do mundo e levou a China a contar com centenas de casos importados.

Segundo a Comissão de Saúde chinesa, 88 pacientes receberam alta após terem superado a doença, nas últimas 24 horas, mas devido às 108 novas infecções registradas, o número total de infectados no país asiático aumentou para 1.156, no segundo dia consecutivo de inversão de tendência de descida.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime