Câmara de Caraguatatuba devolve quase R$ 8 milhões à prefeitura municipal

Os vereadores de Caraguatatuba fizeram uma devolução de quase R$ 8 milhões à prefeitura municipal, na manhã da última terça-feira (28). O valor é referente ao saldo de dotação orçamentário do ano de 2021.

Entre no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre ligado nas notícias mais importantes da RMVale, do Brasil e do mundo – Clique aqui e esteja sempre bem informado!

Aguilar Junior (MDB), prefeito de Caraguá, esteve presente para o recebimento dos cheques simbólicos. Tato Aguilar (PSD), irmão do prefeito e presidente da Câmara, entregou o cheque de R$ 5,9 milhões para o chefe do executivo, juntamente dos outros vereadores.

A Câmara de Caraguá diz que o “fruto de um trabalho em conjunto com os demais vereadores” foi o que possibilitou a economia. Os vereadores já haviam, também, devolvido aos cofres públicos o valor de R$ 2 milhões em março. Na época, o valor foi revertido ao combate da Covid-19.

Somando os dois valores, a Câmara fez a devolução de aproximadamente R$ 8 milhões referentes ao repasse do duodécimo do ano de 2021.

“Quero muito agradecer aos meus colegas vereadores que também se empenharam bastante para que conseguíssemos este feito. Durante todo o ano buscamos fazer economias em diversas áreas do Legislativo e por isso conseguimos, já no mês de março, antecipar a devolução de R$ 2 milhões e, hoje, entregamos para o prefeito mais um cheque no valor de R$ 5,9 milhões”, disse Tato Aguilar.

A pedido dos vereadores, o valor devolvido será utilizado em ações para a saúde e para investimentos em pavimentação e repavimentação de ruas. “Agradeço aos vereadores da base do governo que, com muita organização e administração conseguiram devolver essa quantia”, frisou o prefeito da cidade.

Orçamento 2022
Tato Aguilar afirma que, para o ano de 2022, os vereadores abriram mão de aproximadamente 8 milhões em verba que poderia ser repassada, segunda a legislação. “O orçamento da Câmara Municipal pode chegar a até 6% do orçamento do município, o que em 2022 poderia chegar a R$ 33 milhões. No entanto, conversamos com os vereadores, fizemos cálculos com nossa equipe técnica e chegamos a conclusão que poderíamos solicitar o valor de R$ 25 milhões, ou seja, oito milhões a menos do que poderia ser repassado ao legislativo”, finalizou.

Participantes
Nem todos os vereadores estavam presentes na entrega do cheque. Os que estavam presentes eram: Vera Moraes (PV), Aguinaldo Butiá (MDB), Jair Silva(PV), Baduca Filho (MDB), Fernando Cuiú (PSDB), Gil Oliveira (PRTB), Cristian Bota (PP), Islando Bigode (PV), Dé Construtor (PSC), China (PSD), Celso Pereira (PSDB), Marcos Kinkas (PSD) e Tato Aguilar(PSD).

Deixe comentário

× Fale com a Showtime