Brasileiro paga dívidas durante pandemia, segundo pesquisa

Apesar de ainda estar em níveis elevados, o endividamento do brasileiro caiu durante a pandemia do novo coronavírus. O dado é de pesquisa de opinião encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) ao Instituto FSB.

De acordo com o estudo, 45% dos entrevistados disseram ter dívidas em julho, ante 53% em maio. Entre os endividados, 62% disseram que irão quitar as dívidas nos próximos 30 dias. O percentual é dez pontos percentuais maior que o registrado em maio.

O levantamento mostrou ainda que 30% dos brasileiros pediram e estão recebendo o auxílio emergencial do governo. Entre os que recebem, 57% usaram os recursos para compras e 35% para o pagamento de dívidas.

A pesquisa foi realizada pelo Instituto FSB Pesquisa com 2.009 pessoas de todas as unidades da federação entre 10 e 13 de julho e tem margem de erro de dois pontos percentuais. Em virtude do próprio isolamento social, as entrevistas foram realizadas por telefones fixos e móveis, em amostra representativa da população brasileira a partir de 16 anos.

 

Deixe comentário

× Fale com a Showtime