Brasil atinge 87.052 mortes por covid-19, com 556 óbitos nas últimas 24 h

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 556 novas mortes e atingiu um total de 87.052 óbitos pela covid-19. De acordo com o levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa, o país chegou a 2.419.901 diagnósticos, sendo 24.578 casos confirmados entre ontem e hoje.

A média móvel indica 1.074 mortes por dia na última semana. O consórcio de imprensa passou recentemente a divulgar esse dado, que calcula a média de óbitos observada nos últimos sete dias. Essa operação é a mais adequada para acompanhar a tendência das estatísticas, por equilibrar as variações abruptas dos números ao longo da semana.

O País apresentou a maior média móvel desde o início da contagem, em 22 de março, de 1.097 mortes por dia.

Dados do Ministério da Saúde
A atualização epidemiológica do Ministério da Saúde aponta 555 mortes registradas desde ontem, totalizando 87.004 óbitos pela doença provocada pelo novo coronavírus.

Já a quantidade de casos, ainda segundo a pasta, atingiu 2.419.091, com 24.578 diagnósticos confirmados entre ontem e hoje.

Os dados do ministério apontam que há 697.813 pacientes em acompanhamento, e que outros 1.634.274 já sao considerados como recuperados da covid-19.

São Paulo segue o estado com maior quantidade de infectados no país (483.982), seguido de Ceará (162.085), Rio de Janeiro (156.325), Pará (148.463) e Bahia (148.179).

Tocantins, com 21.767 casos, ultrapassou em diagnósticos o Mato Grosso do Sul (21.514). Ontem, o TO seguia com 20.920 casos contra 21.015 do MS.

Com base no levantamento do consórcio, onze estados brasileiros apresentaram alta neste domingo e apenas seis tiveram queda. Entre as regiões Sul e Centro-Oeste estão em aceleração, enquanto o Nordeste apresenta queda. Norte e Sudeste têm estabilidade na variação dos últimos 14 dias. Veja a oscilação dos estados:

Aceleração: AP, GO, MT, MS, MG, PR, RO, RR, RS, SC e TO
Estabilidade: BA, DF, ES, MA, PA, PB, PI, RJ, SE e SP
Queda: AC, AL, AM, CE, PE e RN

 

Deixe comentário

× Fale com a Showtime