Bombardeio em fábrica causa vazamento de amônia na Ucrânia

Autoridades ucranianas confirmaram o vazamento de amônia em uma fábrica atacada na cidade de Sumy, contaminando uma área de 2,5 quilômetros ao redor da instalação. Um funcionário ficou ferido.

O governador Dmytro Zvhyvytsky acusou as tropas russas pelo bombardeio e alertou que a cidade de Novoselytsia está em risco por conta da direção do vento, que pode levar a nuvem de gás tóxico para a região. O vazamento foi contido, mas equipes de emergência atuam na restauração do tanque de 50 toneladas de gás danificado.

A amônia é amplamente usada na produção de fertilizantes. O material corrosivo pode causar dor e queimaduras nas vias aéreas e lesões nos olhos.

Sumy, perto da fronteira com a Rússia, foi alvo de intensos ataques aéreos nos últimos dias. No domingo, Zhyvytsky disse que 71 crianças de um orfanato na cidade foram evacuadas para um local seguro depois de passar duas semanas em um porão.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime