Bolsonaro diz que ‘não tem como evitar morte’ ao falar sobre covid-19

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que “não tem como evitar morte” ao falar sobre a pandemia do novo coronavírus. A declaração foi feita enquanto falava sobre a situação da Argentina com apoiadores nos arredores do Palácio da Alvorada.

“Muita coisa errada vem acontecendo há muito tempo. Não dá para a gente resolver de uma hora para outra. Qualquer negocinho o pessoal costuma criticar e atirar. Argentina estava assim. Voltou agora para o… Está uma maravilha agora a Argentina. Está uma boa lá. Uma maravilha”, disse.

“Isso não tem nada a ver. A questão da pandemia não existe como evitar, a não ser ficar isolado em um canto aí. Fora isso, quem está vivendo em sociedade, mais cedo ou mais tarde vai pegar. Não tem como evitar morte no tocante a isso. No Brasil, ninguém morreu, pelo que eu tenho conhecimento, por falta de atendimento médico. Todos os recursos o governo repassou para estados e municípios”, acrescentou.

Hoje, o Brasil passou da marca de 84 mil mortes provocadas pela covid-19 no segundo dia com maior número de novos casos confirmados da doença. De acordo com levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa, as secretarias estaduais passaram a contabilizar, nas últimas 24 horas, mais 1.317 óbitos e 58.080 novos diagnósticos de infecção pelo novo coronavírus.

 

Deixe comentário

× Fale com a Showtime