Ataque russo já deixa mais de 50 mortos, entre eles 10 civis

A Presidência da Ucrânia emitiu uma nota nesta quinta-feira (24) que “mais de 40 soldados ucranianos e cerca de 10 civis” foram mortos desde que os ataques da Rússia contra o país foram iniciados.
Por isso, o presidente do país, Volodymyr Zelensky, fez um apelo para que os cidadãos doem sangue para ajudar os feridos, que seriam “dezenas” até o momento.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, pediu uma reunião urgente dos líderes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) após o ataque da Rússia contra a Ucrânia. “A ação militar é uma catástrofe para o nosso continente”, afirmou o premiê.

Otan informa que “reforçará” defesa
O conselho da Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan) afirmou que a Aliança vai “reforçar sua defesa” após o ataque da Rússia contra a Ucrânia nesta quinta-feira (24). “As nossas medidas continuarão como preventivas e proporcionais”, diz a nota. O governo de Belarus, aliado de Moscou, afirmou que já monitora um aumento das forças da organização nas fronteiras de seu país.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime