Assembleia vota acordo para evitar demissões na Volks de Taubaté

Os trabalhadores da Volkswagen de Taubaté vão definir, em assembleia virtual, um acordo para preservar empregos e salários na montadora.

A proposta ficará em votação no site (www.sindmetau.org.br) nesta segunda-feira (20), das 8h às 18h.

O acordo estabelece uma redução de 30% da jornada durante maio, junho e julho, com retorno ao trabalho previsto para 18 de maio.

Durante esse período, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté, os trabalhadores receberão mensalmente uma remuneração correspondente a 100% do salário líquido, com uma composição de valores pagos pela empresa e recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Ainda segundo a entidade, o acordo foi construído após reuniões entre o Comitê Nacional dos Trabalhadores na Volks, diretores da montadora e sindicados dos metalúrgicos de Taubaté, São Carlos, ABC e Curitiba.

Os itens da proposta buscam resguardar a saúde, postos de trabalho e a renda dos funcionários durante a crise de mercado provocada pelo coronavírus.

“O resultado financeiro do trabalhador no final do mês será de 100% do salário líquido, porém com a jornada reduzida. Assim vamos garantir a renda do trabalhador nesse período crítico do mercado automotivo e da economia mundial”, disse Claudio Batista, o Claudião, presidente do sindicato em Taubaté.

O acordo também determina que a primeira parcela da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) seja paga em maio. O valor será correspondente a 42% da PLR de 2019. Os 8% restantes serão pagos em dezembro, juntamente com a segunda parcela.

“Outro ponto que será votado é um ajuste no banco de horas, que tem seu fechamento feito no mês de maio. Diante de um cenário onde teremos que utilizar muitas ferramentas de flexibilidade, estaremos votando que o fechamento do banco de horas seja transferido para janeiro de 2021”, disse.

Os parâmetros do acordo não terão impacto no cálculo de férias ou 13º salário. Além disso, a proposta prevê a efetivação de alunos do Senai que estão em contrato temporário na fábrica de Taubaté.

RETORNO

Para o retorno ao trabalho, em 18 de maio, serão adotadas ações preventivas para reduzir o risco de contaminação pelo coronavírus. Entre eles, estão adaptações na linha de produção, nos refeitórios e no transporte dos trabalhadores. O objetivo é aumentar a distância entre os funcionários e evitar aglomerações.

Além do reforço na higienização e da utilização de equipamentos de proteção, o protocolo incluirá a medição da temperatura corporal dos funcionários. Todas as ações serão detalhadas e apresentadas posteriormente aos trabalhadores por meio de informativos e treinamentos.

HOME OFFICE

Os 3.100 trabalhadores da produção da Volks em Taubaté estão em casa desde o dia 23 de março, quando foram liberados por meio de banco de horas e férias coletivas. A previsão inicial era de que retornassem em 14 de abril.

Mas as precauções com a pandemia de coronavírus motivaram uma primeira ampliação do prazo para 4 de maio. Após análise de mercado da Volks e novas negociações com os sindicatos, ficou estabelecida a proposta de retorno ao trabalho para 18 de maio, com redução de 30% da jornada até o fim de julho.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime