Araraquara não tem mortes por covid em dia de recorde em SP

A cidade de Araraquara, no interior de São Paulo, não registrou nenhum óbito pelo coronavírus nas últimas 24 horas. A marca é expressiva por ocorrer justamente no dia que o estado teve recorde de óbitos por covid-19.

O município está em “lockdown total”, com forte restrição de circulação e funcionamento do comércio, desde 21 de fevereiro, quando identificou a transmissão local da variante P.1, descoberta inicialmente em Manaus. O prefeito Edinho Silva (PT) comentou nesta sexta-feira (26) a situação do município, ao ser convidado para a coletiva de imprensa do Governo do Estado.

“Depois de ter um índice de contaminação de 53% das amostras remetidas aos laboratórios, ontem nós tivemos 7% de positivação”, afirmou Silva, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. À época em que foi decretado o “lockdown total”, o município se encontrava com todos os leitos de UTI ocupados e chegou a registrar 253 casos em um só dia, em 25 de fevereiro.

O movimento de “lockdown total” no município foi seguido pelas cidades da região. “Nós tomamos todas as medidas que devíamos tomar. O isolamento social é uma medida dura e só é tomada quando não há outro instrumento. Araraquara fez aquilo que a ciência diz que se deve fazer”, defendeu Silva.

Ainda de acordo com ele, 50% dos pacientes internados hoje em Araraquara são de outros municípios. “Nós, graças à ampliação de leitos, com apoio do governo de São Paulo, já estamos ajudando as cidades da região.”

Os dados de Araraquara destoam do restante do Estado, que nesta sexta voltou a bater seu próprio recorde de mortes pela covid, com 1.193 vítimas fatais da doença. Ao todo, já foram registrados 70.696 óbitos pelo coronavírus em São Paulo.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime